"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

segunda-feira, 12 de março de 2012

Prece

Naqueles dias de abrir janelas de vento
Sol de cortinas soltas
Há um bem querer no olhar, há.
Onde respirar é uma prece.

Os olhos de menina sorriem
Sem nenhum emaranhado,
É momento de colher tudo
Que nasce nesse mundo
Receber as escolhas aqui dentro
Pelo teu próprio nascimento.

E olhando à frente
O horizonte é da distância
De um desamarrar de laços...
O alcance é do tamanho de um abraço.
Não há nenhum atraso de sentimento,
E um sentir além de vida, que há.

14 comentários:

Cronollogias disse...

Fátima, sentir sempre é o que nos leva à algum lugar.Penso que sentir é estar pronto pra viver o que vier.


Beijo.

EDER RIBEIRO disse...

E haverá de chegar um momento em que percebemos que os sentimentos extrapola o físico para se deter no espírito, aí então conseguimos entender que há algo mais além. Bjos, querida Fátima.

Lufe disse...

Ah, os sentimentos......

Casa nova, hem?
Menina inquieta.....rs

bjoca procê

Mik disse...

Janelas de ventos de novos sentimentos, a mesma janela da alegria passada, pode ser a mesma que está voltando. O vento é renovador ... lindo!
Parabéns!

Bjs

Aili disse...

"Viver e não ter a vergonha de ser feliz"

Ter coragem é não desistir!

Abs

Lilá(s) disse...

Bonito esse poema, com tanto encanto!
Bjs

Carla Fernanda disse...

Uma prece soprada ao universo Fátima e executda em versos!!

Beijos!

Sonhadora disse...

Minha querida

Doce e sereno o teu poema...de quem está de bem com a vida
Fico feliz por ti.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Djalma CMF disse...

Quando a janela se abre os sonhos renascem em nossas vidas. Linda poesia, parabéns menina, bjos.

Dário Rodrigues disse...

olá querida. Obrigado pela sua mensagem. eu nao tenho visitado nenhum blog, ando muito distante da blogosfera, só estou a responder a voce pelo carinho que sinto por voce, explicando porque nunca mais dei noticias.

espero voltar em breve...

espero que a vida esteja a correr bem,,, grande beijo de portugal...

Terê. disse...

lindo, lindo,seu poema, encantador, obrigada pela visita minha amiga, muito me honra, bjinhos tere.

A.S. disse...

Perfeito!...


Beijo meu,
AL

Cria disse...

Grandioso e sublime ! Beijos, obrigada por teu carinho.

aluisio martins disse...

que delícia acordar com tuas linhas e preces... Dia ficou azul...