"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

sábado, 14 de janeiro de 2012

Mentira

Mente tudo
Mente a mente
Mente a boca entre dentes
Mente o sentimento,
Mente o sorriso
Sem aviso
Mente o corpo
Mentiroso maior
Mente a dor
O orgasmo, ah como mente
Mente, fingindo de prazer
Mente o drama e trama
Mente. Fingindo dormente

Mas alma não mente
Sente, mas não mente
Pode não dizer
Apenas sente
Mas não mente
Não mente os arrepios da pele
Não mente a oração
Não mente os vãos
Não mente os poros da alma
Os olhos não mentem
E esses são dela
Alma não mente.

22 comentários:

EDER RIBEIRO disse...

Não tenho palavras para comentar esse lindo poemas, por isso, deixo de digitar e te aplaudo. Bjos.

Leonardo Camilo disse...

Isso não é uma poesia isso é um ensaio da vida!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Parabéns!!!!!!!!!!!!!!

Rogério Pereira disse...

Entre a mentira e o fingimento fica-me: a tua (bela) poesia e este poético argumento:

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.
Fernando Pessoa 01.04.1931

Pri disse...

Faço minhas as palavras do Eder Ribeiro,nada a dizer: Aplausos a Você!
Beijoss a ti minha querida amiga.
Pri

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Que lindo Fátima querida!
Maravilhoso poema, lindo mesmo como todos que você poeriza.
Lindo este seu lugar.
Beijinhos e linda semana para você.

Ingrid disse...

para quem sabe enxergar..
o olhar..
lindo querida amiga.
saudades..
beijos perfumados.

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre Imensos e Intensos os teus poemas.

Deixo um beijinho com saudades
Sonhadora

Cida disse...

É Fátima, realmente a alma não mente, e os olhos são os espelhos dela. Sendo assim, há que se confiar nos olhares.

Obrigada pela visita e pelo carinho deixados no mosaicos.

Te desejo uma excelente semana.

Fique bem, fique com Deus.

Abraço afetuoso,

Cid@

Jean Maia disse...

Uma levando a outra

Evanir disse...

Alma não mente.
Realmente a Alma não mente lindo magnifico seu poema .
Li outros também tens uma alma linda.
Um dia de paz e luz.
Evanir

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Há na mentira
uma vontade
muitas vezes nossa,
de acreditar
no que não é real...


Que cada dia deste novo ano,
seja em tua vida,
um dia de reencontro.

Carlos Ney disse...

A alma não mente, mas engana a mente.
É intangível, a gente só imagina e crê, parece cru, mas é o que é. Eu tenho medo do que penso, que a alma é. Sei que me contradigo mas teu poema me fez pensar. "A verdade é um cobertor que sempre deixa seus pés com frio ..." (Filme sociedade dos poetas mortos) prefiro a melodia, essa não esconde o que toca, quando tu ouve e sente. Sei lá ...! Tu me fez questionar o que eu não sabia que tinha aprendido.
Saudações!

Lufe disse...

Oi Fatima,

Parabens!
Mais uma vez você se superou.
Lindo poema.
Tem um ritimo gostoso, as palavras fluem.

bjocas

Jonh Lemmon disse...

FANTÁSTICO!
Repito
Fantástico!

CONCERTO DE LEITURA & CIA disse...

Cara Fátima esse poema ficou muito bom! Realmente fingimos tanto - muitas vezes -, porém a alma não consegue mentir. Parabéns! Abraço do Gonçalves.

ॐ Shirley ॐ disse...

Bem pensado o seu poema, bem verdadeiro. Um beijo, Fátima!

Djalma CMF disse...

Sábias palavras que nos remete a uma reflexão mais profunda sobre a nossa própria vida. Parabéns poetisa, bjos.

A Escafandrista disse...

Voltando ao blogger!!! Feliz ano novo atrasadíssimo! e obrigada pela visita ao meu escafandro!!! bjs

:: Mari :: disse...

Fátima,

Belo poema, apesar falar de mentira, é um texto bem verdadeiro.
Bem ritmado, casou com perfeição.

Tenha uma ótima semana.

Um grande beijo

MARILENE disse...

Que se conhece não se engana e se apresenta transparente a quem, através dos olhos, foca sua alma.

Bjs.

Cria disse...

Palavras de muita intensidade ! Parabéns pelo post. Beijo, obrigada pelo carinho.