"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

O segredo da noite

O segredo da noite
Corria de forma silenciosa pelas veias
Num grito só, oco e ensurdecedor
Jogando contra a parede
Qualquer defesa
Toda lógica ou razão.

O segredo da noite
corria pela respiração
olhos e pulmão
num sorriso insano
de veneno profano.

O segredo da noite
Doía em volta do umbigo
Trancado entre paredes
Sem colo ou abrigo.

O segredo da noite
Acordou do pesadelo
Ficou na retina
Dorme no meu travesseiro.

19 comentários:

Rogério Pereira disse...

Poeta
Diz-me agora
O segredo do (teu) dia

Leonardo Camilo disse...

e eu viajei agora conheço uma história assim!!!!!!
super beijo!!!!!!!!

AC disse...

Fátima,
Quando algo se insinua, há que dar-lhe ouvidos...

Beijo :)

Artes e escritas disse...

Não me contem segredos, que eu não os guardo para não me incomodar:) Um abraço, Yayá.

Ingrid disse...

começar bem o ano te lendo sempre tão intensa..
beijos perfumados amada..
2012 lindo !

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Fátima querida que poetizar mais lindo e delicioso de ler.
Você sempre intensa e inflamante,amei por demais.
Beijinhos em seu coração.

Elzinha disse...

Fátima minha linda, que belo e intenso poema. Como sempre, me encanto quando estou aqui.
Um beijo grande.

Jean Maia disse...

segredos, segredos, precisamos deles?

eder ribeiro disse...

A noite, feminina, tanto quanto a mulher, tem de seus segredos. Como sempre os teus poemas têm tanta intensidade que parece pulsar fora da tela. Bjos.

Cicero Edinaldo disse...

o segredo da noite envolve os corações apaixonados e desperta a angústia quando o amado não está ao nosso lado!
--
lindo post!
---
blogestarcomvoce.blogspot.com

Moran, andarilho disse...

Fatima, o segredo está unicamente em sermos felizes. Ainda que isso passe por momentos de desconforto a certeza é que caminhamos para um futuro melhor. Que teu caminhar seja suave em 2012. Bjs do amigo, Moran

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre intenso ler a tua alma e os teus sentimentos.


Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Fátima, gostei do poema...Espectacular....
Cumprimentos

Evandro L. Mezadri disse...

Belíssima obra, Fátima!
Muito tocante!
Grande abraço e sucesso!

Lilá(s) disse...

Os teus poemas sempre me tocam! lindos.
Bjs

Angella Reis disse...

Gosto bastante dos teus poemas. São sempre tão intensos. Nos fazem viajar.

Beijos querida! ;)

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

E quantos segredos
adormecem em nós,
esperando o exato
momento de acordar...


Que cada dia deste novo ano,
seja em tua vida,
um dia de reencontro.

luis gonzaga disse...

todas as coisas são importantes porem a maior delas certamente é o amor.o amor é o maior de todos os sentimentos.dele nascem sonhos,verdades,desejos, poesias...dele nasce a vida,sempre vida.amiga não existe nada mais sublime qual o ato de poetizar e vc tem esse dom,o dom vindo do coração,da alma, de se sentir feliz por amar a vida como era deveria realmente ser.parabéns.

SweetMelody disse...

Olá a partir de França
Uma visita ao seu blog maravilhoso!
Espero que gostem deste agradavelmente w-end, de minha parte, eu precisava da semana passada foi muito cansativa
Vou tentar ser mais diligente em minhas visitas, eu anexou uma pequena imagem, como de costume
beijos
cordialmente
Chris
http://nsm01.casimages.com/img/2009/02/22//090222035422505743195259.jpg