"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Simbiose

Tu vinhas e me provias
Em provas tuas
Fazia-me, minha.

Tu tinhas e me continhas
E contenho em ti tudo
O que é ser,
Encorajava-me a ser minha.

Tu fazias de mim
O ser meu
Por sentir o gosto
Do que é teu.

Tu sorrias e sóis se abriam
A sós não eram nunca noites e dias
E por mais uma vez
Fazia em mim
O lençol que de ti me cobrias

Provaste, deste, fizeste
De tantas e todas as formas,
Sentir a essência tua,
Que nasceu, de nós, a minha.

E mesmo sem ti
Jamais serei sozinha.
Dividistes o mesmo passo
Em mim, caminhas. 

26 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Este poema é lindo, delicado, lírico, sensível, amiga Fátima.
Um abração. Tenhas um lindo fim de semana.

AC disse...

Bela e sentida poesia, talvez fomentada pela saudade.

Beijo :)

MARILENE disse...

Uniões que dão alegria e prazer, mesmo na ausência de uma das partes, significam o não estar só, na caminhada.

Bjs.

Del Rodrigues disse...

Olá Fatima,sou professora,conheci seu blog através de uma amiga, gostaria de fazer um pedido para que me ajude indo no link abaixo e deixando um recadinho.Estou concorrendo com o meu texto:"Transformando um Sonho em Realidade" no concurso Educação Nota 10 do Globo.
A seleção acontecerá agora no dia 30/01/2012.
Por favor, visite o link e deixe um comentário por lá.
Será que vc pode me dar uma força?
Conto com a sua ajuda!
Qualquer problema, postei também o link no post do meu blog, é só ir lá e clicar (http://ler-com-prazer.blogspot.com).
Obrigada!Paz e Luz!
Esse é o link:
http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

Lilá(s) disse...

Um poema muito bom, onde os sentires, as saudades e tantas coisas se misturam.
Bjs

Ingrid disse...

intensa ausência que pulsa em completude..
amei!
beijos linda...

Lufe disse...

Aquele ser que nos penetra pelos poros e nos possui a alma, nunca estara ausente. Ele continua presente dentro de nós.

Lindo poema.

bjos procê

Alê disse...

Porque de algum jeito, mesmo quando alguém vai embora, se houve amor de verdade, alguma coisa sempre, sempre fica,


E conosco segue, para todo o sempre,



Bjkas

EDER RIBEIRO disse...

Fátima, vc é uma poetisa que sempre provoca em mim deslumbramento. Vc consegue abusar do dom de saber usar palavras. As rimas ricas, a musicalidade do poema, são tão latentes, e o melhor de tudo, vc faz tudo isso em versos curtos. Se eu fosse um poeta, sinceramente, eu gostaria de ser como vc. Para finalizar, aplausos. Bjos.

APENAS PALAVRAS disse...

Nada é pequeno no amor. Quem espera as grandes ocasiões para provar a sua ternura não sabe amar... O prazer do amor é amar e sentirmo-nos mais felizes pela paixão que sentimos do que pela que inspiramos... Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor... Por que quem ama... Nao buca seu proprio interesse...Mas sim os interesse de quem realmente ele....ou ela possa amar....
Parabens pelo o blog ....e obrigado por fazer parte do meu e contribur com tuas ricas frases...
http://www.uanderesuascronicas.blogspot.com
Vim estender-te este convite desde ja....beijo linda



Como diz uma sélebre frase...Siga-me os bons!!

. intemporal . disse...

.

.

. querida Fátima,,, .

.

. cada poema que aqui encontro teu . é uma ode transversal ao amor . e,,, congratulo.me tanto por isso .

.

. um bom.domingo .

.

. um beijo meu .

.

.

Ronaldo Fernandes disse...

Vasculhando a internet achei seu blog, vim conehcer, gostei e aqui comentei ;o)

adorei o texto, assim como o que está aqui embaixo também

bjs

Ronaldo Fernandes disse...

Isso, o texto que falei é o "Só por hoje"

;o)

bjs

Solange disse...

adorei! e ponto.

bjs.Sol

Fabrício Santiago disse...

olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog Os & Degraus. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

A.S. disse...

Lindo o teu poema Fátima!...


Beijos!
AL

Djalma CMF disse...

Delineou seus lindos versos com maestria, amei poetisa, parabéns, bjos.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

ॐ Shirley ॐ disse...

Lindo, sem comentários amiga. Gostei. Um beijo, Fátima!

Evandro L. Mezadri disse...

Bela obra, Fátima!
Muito íntima, escrita com as palavras vindas do fundo da alma.
Grande abraço e sucesso!

Del Rodrigues disse...

Olá Fatima,começei a trabalhar e com isso fico com menos tempo para vir na net.e inclusive tenho que agradecer a todos que estão me ajudando..vou ficar um tempão ..srsr .Tem mais de 200 amigas (os) blogueiras(os) para agradecer.Não esperava encontrar tantas pessoas legais pela internet, que estão dispostas a doar um pouquinho do seu tempo em prol do outro.
Você ainda pode me ajudar, eu consegui passar para a segunda fase do concurso...graças a todas as amigas que passaram por lá e deixaram um recadinho!! Estou muito feliz e todos lá da escola hoje também.O resultado saiu na segunda a noite, porém continua até o fim de fevereiro e início de Março.Será que dá para passar no link de novo:

http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

E deixar um outro comentário e outros durante o mês de fevereiro pode?..Sempre que vc puder da uma passadinha no texto..pois os critérios além da análise do texto por um juri, inclui visualizaçao da página (acessos- item muito importante) e comentários. Agradeceria muito a sua ajuda para conseguir... Beijocas.Paz e Luz!Obrigada pela sua ajuda! E até breve...
"Existem momentos inesquecíveis,coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Cronollogias disse...

Teu poema provoca e desperta o mais profundo da sensibilidade, chama com delicadeza pra que a gente te sinta, eu acho bom ...

Obrigado e um beijo, pelo momento.

Bom Domingo.

Juliana Matos. disse...

Querida que bonito!
Soube contornar as palavras em uma dança linda! E essa presença sem estar, seria bom se a solidão jamais viesse se juntar!
Um beijo
Ju

Arte com Feltro disse...

Ameiiiii!

Parabéns!!!

Conheça o meu cantinho www.artecomfeltro.blogspot.com

Beijos

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema saído do mais profundo de ti e que me tocou imenso.
Beijinho com carinho
Sonhadora

NOEMI disse...

Na ânsia da procura
Na expectativa do encontro
Na angústia do desencontro e da solidão
Não te esqueças nunca de olhar o mar
De sentir o perfume e o pulsar das estações
De escutar as falas e os risos que se entrecruzam no ar
De estender a mão e o olhar
E de todas as pequenas coisas da vida
Que te farão sentir menos só
E te ajudarão a enfrentar
Todas as marés que hão-de vir..bjs