"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Louca

Ela estava especialmente linda
Naquela tarde.
Olhos vidrados,
Meio sorriso fixado,
Cabelos desacordados.

Coração acelerado,
Sôfrega respiração,
Efêmeros sentidos,
Sentimentos sádicos.

Com um ar sutilmente insano.
Baton vermelho à boca,
Salto quinze,
Lindamente louca.

Tensa, tesa
Querendo...
Febril surpresa
De suas presas.

19 comentários:

Nini C . disse...

Imaginei tudo. Adorei Fatima. Como sempre neh? kkkk
Adoro voc. Beijo.

Mgomes - Santa Cruz disse...

Olá Fátima: lindo essa mulher é uma fera eu sei que é poesia mas também deve e pode ser real.
beijos
Santa Cruz

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Saudações querida poetisa, estou aos poucos retomando os caminhos da blogosfera,

Adorei sua poesia, e nos mostra que a maior lucidez que podemos ter é a nossa própria loucura e insensatez...

Beijos!

Ingrid disse...

imagens vivas de nossos desejos loucos! de nossa vida viva!..
Todos os dias aguardo por suas palavras..
um beijo.

AGENTE FOOSE disse...

Olá!
Adorei seus versos... são de uma beleza ímpar! Adorei a forma como o construiu!
Obrigada pela visita e pelo carinho deixado la! Sua visita será ansiosamente esperada!
Bjs pra vc e pra sua filha!

Cria disse...

Irretocável, poeta amiga ! Beijo.

Daniel Costa disse...

Fátima

No teu poema, uma dose de sensualidade e outra de loucura, fazem dele uma doçura. Talvez uma doçura de sonho mesmo.
Beijos

jocarlosbarroso@yahoo.com.br disse...

Olá Fatima!
Lindo poema que nos remete a uma fantasia passada vivendo hoje a realidade com a Verdde.
Parabéns...

MOISÉS POETA disse...

voce descreveu muito bem a mulher e suas ¨armas¨ .
minha imaginação foi á mil graus...

um grande beijo !

Eraldo Paulino disse...

Linda como sempre.

Querida, dá uma passada la no meu canto que há algo pra ti.

Bjs!

Ulisses Barreto disse...

linda e louca ? apaixonei...rs bjos

Valéria Sorohan disse...

Envolvente, como toda mulher deveria ser.

BeijooO*

Lilá(s) disse...

Mulher fera! poesia bem envolvente!
Bjs

:: Mari :: disse...

Nossaaaaa.....
quanta ferocidade, lembrei dos nossos encontros, meu e do meu amor é claro! rsrsrs

Muito boa, boa demais essa poesia!

Ah, quanto a tua pergunta, não, nunca entrei na sala, nem sabia dela, você participa?

Bjos

JOCARLOSBARROSO disse...

Que agradável coincidencia!Ao acabar de postar nova poesia resolvi percorrer os blogs e ao começar pelo seu deparei-me com esta perfeição de loucura coicidentimente a minha vida louca postada hoje.
Parabéns.
Parece até que pensamos juntos as loucuras dessa vida louca.

Sonhadora disse...

Minha querida amiga
Estou voltando e estou melhor.
Obrigada pelo carinho e amizade que deixas-te em palavras.
A tua amizade é muito importante para mim.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Michele P. disse...

Sensualidade à flor da pele! Lindo!

Beijos

Paulo Becare Henrique disse...

Fátima, agradeço muito pela sua visita, seu comentário e por me seguir. Parabéns pela mente aberta de se interessar por um tipo de blog que não é o que você está habituada.

Pelo que pude ler nessa visita rápida, gostei muito das suas poesias e estou aqui não apenas retribuindo o comentário e a visita, mas também avisando que a partir de agora virei um novo seguidor. Nada melhor do que sentimentos, sensações e pensamentos à flor da pele.

Adorei os versos "sentimentos sádicos" e "com um ar sutilmente insano". Nada é capaz nos deixar à flor da pele sem um certo grau de sadismo e insanidade.

Beijos pra você!

Cria disse...

Vim aqui te agradecer o carinho e atenção para com minha pessoa ! Um beijo.