"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Linha atemporal

Sustenta essa linha no espaço.
Em meu peito aberto.
No espaço do tempo
Em teu abraço.

Sustenta essa linha no tempo.
No antes e pós ligados,
De diferentes horas
Em diferentes lados.

Sustenta essa linha no afeto.
Além do sentimento carnal,
Na calmaria da ilimitada calma,
Querer incondicional.

Sustenta essa linha na vida.
Em corpo de ser pulsante
Para voltar a ser
Um único ser mais adiante.

Sustenta essa linha na morte
Nesse sentir espiritual
Em nossa alma, nossa palma
Essa linha atemporal.

12 comentários:

Fátima disse...

(Postando novamente)

12 anos da morte do meu marido.
Não tenho como evitar não sentir, não pensar, se o que ficou em mim foi amor.
E amor não se esquece.
Esse eu fiz pra ele, sendo assim...ao amor que quando é de verdade com certeza é eterno.

Artes e escritas disse...

Um lindo poema espiritualista para se pensar. Um abraço, Yayá.

AC disse...

Fátima,
Há sentimentos que nunca se desvanecem.
Gostei muito do poema.

Beijo :)

Cicero Edinaldo disse...

olá. Nossa vida é formada por linhas.
Linhas horizontais, verticais. Emaranhados de linhas que nos levam apenas a um lugar: o ponto final.
lINDA POESIA. aBRAÇOS infinitos.
--
Saudades de vc no meu: blogestarcomvoce.blogspot.com

EDER RIBEIRO disse...

Fátima, essa comunicação se faz por essa linha, pois o amor não fenece quando permanece e eterniza na alma. Bjos.

Ingrid disse...

sabe Fátima,
ontem ouvi da boca de quem amo muito a seguinte frase:
"tenho alguma raiva, pois sei que você vai antes de mim.. e que vou ter que sentir tua falta"..
não é regra, mas como sou 18 anos mais velha é a lógica..e me vi a pensar..
que Deus sempre te acalente querida..
lindos versos..
beijos de carinho..

Cida disse...

Uau! belíssimo!
Senti a emoção pulsando!

Querida amiga, desejo que seus dias sejam lindos e felizes, e que Deus te abençoe muito e sempre.

PAZ & LUZ!

Beijo afetuoso,

Cid@

ॐ Shirley ॐ disse...

Que bom,Fátima, que os sentimentos sinceros não acabam. Linda lembrança. Beijos, amiga!

Eraldo Paulino disse...

Se por um lado só quem vive esse tipo de experiência sabe pelo que passa, quem vê de fora e gosta da pessoa que 'fica' torce muito para que situação seja superada, por mais difícil que isso seja.

Espero que isso tenha te deixado mais forte como uma rosa, e mais resistente como o melhor dos carinhos.

Bjs!

MOISÉS POETA disse...

Fátima !
que linda homenagem .
a poesia esta ai para nos salvar da loucura total.

Um beijo grande , querida !

Cronollogias disse...

Deus do céu Fátima! Esse é um poema de exigências, que só os mais fortes de espirito saberiam decifrar o ensinamento e cumprir. Teu poema me mostra de como é importante sentir, ainda que eu ache distante a possibilidade de por esse sentir, em prática.

Lindo, obrigado por me lembrar disso.
Saudações!

Sonhadora disse...

Minha querida

Há sentimentos que se eternizam para todo o sempre...lindo como sempre ler-te.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora