"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Às vezes...

Às vezes me quebro inteira
Às vezes só lamento
Durmo dor, acordo sentimento.

Às vezes sinto frio
Noutras me esquento
Durmo fora, acordo dentro.

Às vezes desfaleço
Às vezes ressuscito
Durmo morte, acordo vida.

Às vezes elas fracassam
Eles me são alívios
Durmo lágrimas, acordo sorrisos.

Às vezes muitas me cansam
Às vezes dou-me colo
Durmo tantas, eu acordo.

Às vezes cometo pecados
Noutras me reparo
Durmo corpo, acordo alma.

Às vezes morro nas linhas
E renasço nas entrelinhas
Durmo palavras, acordo poesia.

21 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre escreves a alma...há sempre uma outra que mora em nós.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

olhar disse...

Fátima amada!!!

Mas você está demais na sua escrita!

É...temos este poder...de sermos várias...

beijos no seu coração, lindona!

Bia

Dilmar Gomes disse...

Amiga Fatima, gostei da tua maneira de trabalhar a palavra, com sentimento e técnica.
Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

Alê disse...

E as vezes a inspiração vem, e traz essas docilidades

AC disse...

A vida é constante esgravatar...
Muito belo, Fátima!

Beijo :)

EDER RIBEIRO disse...

Fatima, aqui a poesia não dorme e nós somos acordados para a arte de fazer poesia, que vc tão bem faz. Bjos.

Eraldo Paulino disse...

Eu já disse que sou seu fã?

Bjs!

J. Ríos disse...

"As vezes cometo pecados
Noutras me reparo
Durmo corpo, acordo alma."Lindo demais!

Abraços

psrecuerdame.blogspot.com

Luna Sanchez disse...

Mutante, camaleoa, sendo inteira pra conseguir perceber suas metades.

Que coisa mais linda, mulher! Gostei e não foi pouco!

=D

Beijo grande.

Ana Martins disse...

Fátima, bom dia!
Tão bom dormir palavras e acordar poesia!

Gostei muito!

Beijinho,
Ana Martins

Ingrid disse...

feliz aqui..
te ler e sentir é maravilhoso..
beijos de carinho linda!

Carla Fernanda disse...

A vida feita em às vezes.... bela toda vez e mais outra vez.
Também te sigo já ha´algum tpo querida!
Bjs

meus instantes e momentos disse...

que bom ler esse teu jeito bonito de escrever.

A.S. disse...

Ah!... como os contrastes nos fascinam!...


Beijos!
AL

Lilá(s) disse...

Aqui a poesia é tão suave! que contrastes!
Bjs

Jean Maia disse...

gostei, vir aq é sempre uma boa idéia

Lua Nova disse...

Há infinitas possibilidades entre nossos extremos.
Tua poesia é doce e envolvente e, ao mesmo tempo, forte...
Beijokas.

Celso Mendes disse...

Quem sabe acordar poesia conhece o segredo do voo das palavras.

Retribuindo a visita, fico muito feliz em encontrar um espaço recheado de textos tão agradáveis de se ler.

beijo.

. intemporal . disse...

.

.

. e,,, .

.

. nas entre.linhas . deixo um beijo re.nascido em poesia .

.

. e em amizade tanta .

.

. bom fim.de.semana .

.

.

Cria disse...

Bela composição, parabéns, amiga Poeta ! Beijo e obrigada pela presença e carinho.

Dário Rodrigues disse...

Obrigado linda pela visita ao meu blog... gostei do que você escreve... tem talento..

Sigo...

Beijinho poético