"Eu não escrevo poesia, não escrevo poema. Eu só desnudo minha alma." Fátima Amaral

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Assim


Como escrevo meu poema?
Não é feito com dilema.

E simples assim...
Sinto cada pedaço de mim

E nas linhas,
Sem esquecer as entrelinhas.

Aparece
Começo,
meio e
fim.

Um comentário:

maria disse...

Simples e lindo, adorei esse seu lado.